Pular para o conteúdo principal

Oficina de Pop Art para crianças by Angélica Rizzi

 Oficina de Pop Art para crianças.

     











Para  aguçar os sentidos e a criatividade das crianças, e ao mesmo tempo transmitir novos aprendizados a autora Angélica Rizzi criou a Oficina de Pop Art para crianças. Com esse trabalho em mãos, as crianças poderão se expressar, brincar e pesquisar mais sobre essa arte cuja influência maior veio da cultura de massa e da publicidade com recortes de revistas, jornais, cola, tesoura sem ponta reproduzindo no papel a técnica da pop art.
A expressão “pop-art” vem do inglês que significa “arte popular”. Movimento surgido nos anos 50 que usava figuras e ícones populares como tema. Um exemplo bastante ilustrativo foi feito por Andy Warhol (1930-1987),  que utilizava técnicas, como a colagem e o uso de materiais descartáveis, não usuais em obras de arte”.

Nota: Dentre os artistas brasileiros, destacam-se Nitsche, Claúdio Tozzi, Rubens Gerchman, Wesley Duke Lee e Aguilar.
contato: angelrizzi@gmail.com
site:www.angelicarizzi.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Belos momentos na Feira do Livro de Osório RS 2017 com a escritora Angélica Rizzi

Angélica Rizzi participou da 37ª Feira do Livro de Camaquã

Autora participou do evento na quinta-feira (26) de outubro

A cantora, compositora, jornalista, escritora e palestrante educacional Angélica Rizzi foi uma das atrações da 37ª Feira do Livro de Camaquã. A autora gaúcha participou do evento nesta quinta-feira (26). Angélica fez às 9 horas um bate-papo literário com o público jovem das escolas do município. O local é o Auditório Zilda Maria Azambuja (Secretaria Municipal de Educação).

No encontro com os estudantes, Angélica falou de sua trajetória como escritora, comentou sua formação como jornalista, revelou que foi colunista de jornal no interior e radialista e conta detalhes de sua carreira como cantora/compositora com três CDs lançados. Mais informações:www.angelicarizzi.com
https://www.youtube.com/watch?v=cc_E2CSW3hA

Angélica Rizzi na Trigésima sétima edição da Feira do Livro de Camaquã-RS